domingo, 28 de fevereiro de 2016

SENTIR A CHUVA

Sobre o tempo... Quantas conversas temos com pessoas que só encontramos uma vez na vida sobre este tema? As divagações que se fazem sobre se vai chover ou não. Não me parece mal, até porque temos de dizer alguma coisa para quebrar o gelo quando vamos no elevador, por exemplo, com o vizinho debaixo. A questão é que nunca consigo ser "verdadeira", ou por ter pouco tempo para explicar o que realmente penso, ou simplesmente para não ser olhada de lado por ter uma opinião diferente.

A maioria das pessoas prefere o sol, o Verão ou a Primavera. Eu não prefiro nenhuma estação do ano, não prefiro o sol à chuva, ou os dias claros aos cinzentos. Tenho um grande respeito pela natureza, por todas as estações do ano e sei bem a falta que cada elemento faz aos seres vivos em geral. Os alimentos não crescem se não houver chuva suficiente para encher as barragens que vão regar os campos onde estes estão semeados/plantados. O pólen não consegue "viajar" se não houver vento. E podia dar muitos mais exemplos. Mas, a verdade é que gosto de todas as estações do ano e gosto ainda mais de as aproveitar ao máximo. Fazer em cada uma delas o que é típico. 

Adoro estar à lareira no Inverno, ou ficar no fim-de-semana em casa a ver um filme e comer scones com chá enquanto chove lá fora. Adoro ver os relâmpagos que cortam as nuvens cinzentas carregadas de água a iluminarem o céu. Contar os segundos que separam essa luz do som da trovoada, para saber se está perto ou longe, lembra-me de quando era pequenina e o fazia em casa com os meus pais e a mana. Se essa contagem fosse curta, já sabíamos que daí a pouco tempo teríamos de ir buscar as velas porque a electricidade ia abaixo. Grelhar a carne nas brasas da lareira, também era hábito lá em casa e aquele sabor a fumo/carvão/lareira acompanha-me até hoje.

No Outono, adorava descobrir o nome das árvores a que pertenciam as folhas que encontrava no chão, ainda hoje o faço mentalmente. O cheiro a castanhas assadas quando passamos na rua por um vendedor de castanhas, adoro! E adoro comê-las ;)

Da Primavera é muito fácil gostar :) é a estação das flores, de começar de novo. O verde começa a aparecer, o chão seca, o sol espreita e é ideal para passeios e sair para visitar novos sítios.

O Verão lembra férias, e quem não gosta de férias? ;) Faço questão de ter sempre uns dias na praia e passear muito à noite, noites em que parece ainda estar no ar o calor que o sol deixou durante a tarde.

Gosto de todas, cada uma à sua maneira. Mas gosto da chuva. Gosto. O cheiro a terra molhada traz-me lembranças da minha infância. Brincadeiras clandestinas à chuva que acabavam sempre por ser descobertas porque chegava toda molhada a casa! 

Agora, que já sou crescida ;) e sou mãe, olho para os meus filhotes e vejo a alegria deles nos dias em que chove a contrastar com o ar pesado dos adultos. Adoram sentir a chuva (claro que não os deixo à chuva durante horas!), ver as gotas a escorrer nos vidros do carro e acompanhar o percurso com o dedo, todo o ritual de abrir o chapéu de chuva e voltar a fechar e apanhar mais umas gotas de chuva. Gostam de sentir o fresquinho de cada gota e olhar para o céu a perceberem de onde vêm:

Vasquinho: "Mãe de onde vem a chuva?"
Eu: "Vem das nuvens."
Vasquinho: "Mas quando é que ela cai?"
Eu: "Quando as nuvens ficam muito cinzentas quer dizer que já têm muita água e começam a entornar cá para baixo."
Vasquinho: "Aquela ali está muito escura, vai chover?"

Espero que esta alegria e brilho nos olhos deles não desapareça à medida que vão crescendo. Espero conseguir passar-lhes a mesma ideia que tenho, que chova ou faça sol podemos aproveitar o dia sempre.

Vamos sentir a chuva em vez de ficar molhados ;)

Ana




Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

LISBON RESTAURANT WEEK - XL

Apesar de ter três filhos e de conseguir fazer muitas outras coisas para além de trabalhar e estar com eles, não sou propriamente um exemplo a seguir no que respeita à gestão de tempo. Para se conseguir gerir o tempo da melhor forma é preciso ser-se organizada e planear as coisas bem e com antecedência. Duas coisas em que sempre fui má mas tenho feito melhorias grandes ao longo dos anos :)

Já escrevi uma vez aqui sobre algumas formas que uso para aproveitar ao máximo o tempo disponível. O tempo nunca é suficiente, isso é um dado adquirido por isso o que faço é escolher muito bem as coisas que valem mesmo a pena fazer.

Faço isso com os livros, filmes, séries, restaurantes, enfim, quase tudo. E tenho listas para todas estas coisas... sempre que descubro algo que valha a pena entra na lista devidamente classificado (hotéis onde ficar, restaurantes, brunchs, filmes e séries a ver).

Uma das coisas para a qual acho imprescindível guardar tempo é para fazer algum programa a dois (lá em casa normalmente é jantar fora porque é o que mais gostamos). O meu objetivo era conseguir fazê-lo uma vez por mês mas nem sempre é possível. De qualquer forma quando surge uma oportunidade aproveito sempre.

Na semana passada recebi um email com o aviso do início do Lisbon Restaurant Week e marquei logo um dos restaurantes da lista (este já lá estava há anos) para sábado. Depois logo se pensava na logística. O Afonso e o Francisco ficaram em casa dos avós e o Manel foi para casa da mana (madrinha).

Quando não é possível ter ajuda para ficar com os meninos optamos por uma babysitter. No nosso caso a escolha foi fácil porque as auxiliares do colégio fazem babysitting. Temos duas que já conhecem os meninos há 6 anos e vamos alternando.

No sábado, fomos então experimentar o XL e adorámos. Só havia uma alternativa para começar porque é um misto de algumas das entradas do restaurante, um cogumelo panado, uma gamba despenteada e queijo brie panado, tudo acompanhado do respetivo molho. Para partilhar vieram ainda uns ovos mexidos com farinheira. Gostámos de tudo.

O XL é conhecido pelos souflés e eu que andava há anos para experimentar, optei por um souflé de peixe que estava excelente. Para terminar uma sobremesa de chocolate e avelã fantástica.

Gostei imenso da decoração do restaurante e o ambiente é ótimo. Vale mesmo a pena a visita!

Mónica





Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

OUR DAYS - SUMO DETOX

Como já tinha referido aqui, estou a tentar manter-me saudável com algumas alterações que fiz na forma como comia e mesmo nos alimentos em si. 

Não chega ter uma alimentação saudável, mas já é uma grande ajuda. O estilo de vida também influencia muito o nosso estado de espírito, o nível de stress, a nossa saúde. Este é mais difícil de mudar assim de um dia para o outro, mas também não é impossível.

Mesmo em relação à alimentação, parece simples comer a horas, fazer todas as refeições, trocar uns alimentos por outros, mas na realidade não é assim tão fácil. É preciso disciplina, é preciso rotina, é preciso organização, planeamento, tudo coisas que tenho em quantidades mínimas ;) Mas acima disto tudo, é uma questão de determinação. É fazer uma escolha por uma vida melhor. E eu fiz essa escolha :)

Nunca me imaginei a beber aqueles sumos detox, com ar de sopa fria... De tal forma que nunca os quis experimentar sequer! As minhas amigas diziam para provar que eram óptimos e saborosos, via imensas receitas na internet e parecia até a bebida da moda. Ainda assim, não me rendi a estes sumos.

Até ao dia em que fiz um workshop de snacks pré e pós treino com a Samanta McMurray, do blog EatLove. Nesse workshop a Samanta preparou, entre outra coisas, um sumo com espinafres e no fim tivemos oportunidade de provar. Até parecia mal se não experimentasse também, como todos os outros! Para grande surpresa, era óptimo! Mas digo isto mesmo a sério! Super fresquinho e nada do sabor dos espinafres!

Resolvi então experimentar em casa. Tenho feito alguns, pelo menos 2 vezes por semana, e adoro!

Condições essenciais (para mim) para que corra bem e não se transforme na tal sopa fria:

- usar espinafres congelados (quando triturados não deitam aquele molho com sabor intenso a espinafre)
- usar sempre banana madura (eu costumo ter sempre congelada) para se sobrepor ao sabor dos espinafres
- usar mais outra fruta para além da banana (costumo ter sempre morangos ou frutos vermelhos congelados)
- beber de imediato, mas mesmo! ;) quando começa a igualar a temperatura ambiente, os espinafres transformam-se num molho com sabor horrível
- finalizar com canela e sementes (eu prefiro chia), é a cereja no topo do bolo! ;)

A vantagem de fazer quase tudo com alimentos congelados é que o sumo fica super fresquinho sem precisar de gelo e também é fácil ter em casa sempre ingredientes para os fazer, é só ir guardando no congelador :)

Experimentem também e digam lá se não é bom!? ;)

Ingredientes e preparação:

Mão cheia de espinafres
Meia banana
Meia cenoura grande ou uma cenoura pequena
5 morangos
1 c. sobremesa de sumo de limão
1 c. sobremesa de linhaça
1 chávena de chá de água

Trituro todos estes ingredientes e servir. Depois polvilhar com canela e sementes de chia.

Ana





Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

CASA DE LONDRES

Na semana passada, fui a Londres mais uma vez, começar a tratar do que é preciso para a nossa mudança.

Uma das coisas que também já começámos a fazer, foi preparar a casa onde agora só mora o D. para receber mais três pessoas.

Conseguimos fazer num cantinho do quarto, uma zona de trabalho. Ainda não está terminada, queria pôr uma ou  duas prateleiras por cima da secretária, mas já está operacional :)

Ficou como eu tinha imaginado. Um cantinho cheio de luz, com muito branco, a cadeira que eu tinha escolhido e super clean.

Sobre a secretária pus uma ilustração feita a partir de uma fotografia nossa pela Catita Illustrations. Adoro a imagem e gosto mesmo de a ver no quarto :)

Conseguimos ainda tratar de algumas coisas importantes, como conta bancária, telefone e cartão inglês, escola para o Vasquinho, etc.

Ainda falta muita coisa, mas temos tempo! Vamos fazendo, para quando chegar o dia da mudança estar tudo pronto :)

Ana




Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

OUR DAYS - HAMBURGUERIA CASAVOSTRA

Apesar de termos cumprido os "pedidos" de todos nos 4 dias que estivemos no Algarve, na terça-feira de Carnaval ainda surgiu mais um de última hora.

O dia acordou meio cinzento e a chuviscar e decidimos ir dar um passeio de carro e explorar sítios que ainda não conhecíamos. No regresso estávamos a passar perto de um dos nossos restaurantes de eleição, quando surgiu o pedido.

Temos um conjunto de restaurantes a que vamos sempre que estamos no Algarve. Quando vamos poucos dias temos que escolher e deixar um ou outro de fora. Mas desde que fomos a primeira vez à Hamburgueria Casavostra que faz parte dos restaurantes a que mais gostamos de ir.

A decoração do restaurante é giríssima, gosto mesmo muito. Muito original e ao mesmo tempo acolhedora, sentimo-nos bem lá dentro. Os hamburgers são excelentes e os sumos naturais são excelentes. Eu escolho sempre o mesmo... New Yorker (com queijo, bacon, cebola caramelizada o ovo estrelado) com um sumo natural de abacaxi.

Já ficou prometida uma nova ida na próxima visita ao Algarve. Como este ano vamos aproveitar os feriados para fazer alguns fins-de-semana prolongados ainda vamos voltar antes das férias grandes:)

Mónica





Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

OUR DAYS - PANQUECAS SAUDÁVEIS

Nos últimos meses tenho tentado comer mais saudavelmente. Não tinha grandes regras para comer e acabava por comer muitas coisas que faziam mal e estar muito tempo sem comer, o que me levava a devorar a comida em segundos quando me sentava à mesa.

Tenho preparado alguns snacks em casa para levar para o trabalho para ir comendo durante o dia sem estar grandes períodos sem comer.

As panquecas são ideais para levar e uma boa opção para fugir aos tradicionais snacks, geralmente iogurtes ou fruta.

Em casa, costumo acompanhar as panquecas com iogurte de soja, frutos vermelhos, frutos secos e sementes. Mas, é só escolher o que mais gostarmos. Também já comi com ovos mexidos e fica óptimo :)

Há mesmo uma grande variedade de receitas de panquecas. Deixo uma que descobri recentemente, e que adoro por ter o sabor a laranja. Ficam óptimas e são saudáveis!

Ingredientes e preparação:

1/2 chávena (80g aprox.) de trigo sarraceno
2 c. sopa de farinha de amêndoa
2 c. sopa de mel (ou açúcar)
sumo de 1/2 laranja
raspa de uma laranja
1 iogurte natural de soja

Para preparar basta misturar tudo numa taça.

Como não costumo ter farinha de amêndoa já preparada, transformo amêndoa inteira em pó no processador de alimentos.

Normalmente, como logo duas mas faço tantas quantas der a massa e guardo as restantes, duas a duas, em saquinhos no congelador.

Ana





Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

BLOG CONVIDADO - AS MINHAS RECEITAS

Hoje trazemos mais um Blog Convidado. O blog As Minhas Receitas da Joana Roque dispensa apresentações.


Posso dizer, sem margens para dúvidas, que é o blog do qual já experimentei mais receitas. Sempre que quero experimentar algo novo e diferente, procuro no blog da Joana e consigo encontrar sempre :)


Enviámos à Joana um conjunto de forminhas e toppers da GreenGate, que deu origem a uma receita surpreendente... Mini Cheese Cakes de Framboesas.


Uma nova receita e uma forma diferente de apresentar o tradicional cheesecake. Obrigada mais uma vez à Joana por ter aceite o nosso desafio!

"Há umas semanas atrás fui contatada pela More than Cookies (http://more-than-cookies.pt/) para uma partilha. E eu sou grande fã da More than Cookies. No Natal, os meus Mini-Bolos de Frutos Secos (http://paracozinhar.blogspot.pt/2012/12/mini-bolos-de-frutos-secos.html)  fizeram sucesso por estarem tão bem vestidos nas forminhas da More Than Cookies. Mas as manas, vendem muito mais do que forminhas. Têm coisas muito giras quer seja para os nossos bolos, queques ou cupcakes, para decorações de mesa e de cozinha, têxteis e eu sei lá mais o quê. Aconselho-vos a darem uma vista de olhos para poderem descobrir as coisas lindas que há por lá. E se estão com ideias de preparar cabazes de natal, pode ser que descubram por lá forminhas lindas para tornar ainda mais doces ou vossos bolinhos ou queques.
A receita de hoje é, como vos dizia uma partilha minha e da More Than Cookies. Elas enviaram-me as formas lindas que vêm na foto, e eu fiquei de preparar uma receita onde elas brilhassem… Fui buscar a inspiração ao Bill Granger, que vi preparar estes pequenos e adoráveis mini-cheesecakes. Aqui fica então o meu contributo e agradecimento pelos forminhas à More Than Cookies. 
Uma sugestão para o fim de semana!

Ingredientes para 12 mini-cheesecakes:

150g de framboesas frescas ou congeladas
200g de queijo creme para barrar à temperatura ambiente
100ml de natas
75g de açúcar em pó + para decorar
1 lima
125g de bolacha maria
75g de manteiga

Preparação:

No robot de cozinha triture a bolacha até ficar um pó fino. Junte depois a manteiga amolecida e triture um pouco mais para incorporar.
Forre depois um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e divida a mistura pelas 12 forminhas, pressionando bem, de modo a formar a base do cheesecake.
Entretanto misture o queijo creme com as natas e com o açúcar em pó até obter uma consistência homogénea. Adicione depois a raspa de uma lima e envolva bem. Divida a mistura pelas forminhas. Coloque depois metade das framboesas sobre o creme do cheesecake e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante 30 minutos. Retire depois do forno e deixe arrefecer antes de retirar do tabuleiro. Decore com as restantes framboesas e polvilhe com açúcar em pó antes de servir.

Bom Apetite!"



Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

:: WANTED #2 ::

Eu sou daquelas pessoas que quando perguntam o que querem para o aniversário ou para o Natal responde sempre: nada, não preciso de nada, obrigada! :) E, digo isto, porque efectivamente não preciso. Mas há sempre aqueles desejos de comprar mais qualquer coisa, ter uma peça nova do tom tendência da nova estação, um acessório que faz toda a diferença nos nossos looks, etc.

O fim-de-semana está mesmo aí e este vai ser marcado por mais uma viagem a Londres. Mais uma razão para pensar em looks confortáveis e quentinhos para explorar, mais uma vez, a cidade.

Ando apaixonada pelo tom cinza, acho que vou usar e abusar desta cor na próxima estação.

Mas hoje, na minha lista, estão uns ténis cinzentos da Adidas. Ainda não decidi se gosto mais do modelo Gazelle ou do Campus 80s. Gosto dos dois :)

Deixo algumas sugestões  ;)

Ana








Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

OUR DAYS - Praia no Inverno

Os manos mais velhos têm a interrupção de aulas (não chegam a ser férias) na segunda e quarta-feira de Carnaval. Este ano, à semelhança do que tínhamos feito no ano passado, aproveitámos para tirar a segunda de férias e fomos os cinco passar os quatro dias ao Algarve.

Os meninos adoram ir e perguntámos a cada um (o Francisco ainda não consegue responder:) uma ou mais coisas que quisessem fazer. 

Contrariamente ao esperado o Manel foi o primeiro a fazer uma lista exaustiva do que queria... jogar à bola no jardim, almoçar wraps de atum (os rolinhos que a mamã costuma fazer), comer panquecas com Nutella a um dos pequenos-almoços, jantar no Sr. Frango e ir à praia.

Como o objectivo era descansar e íamos sem nada planeado, à excepção de ir almoçar à Serra do Monchique num dos dias, conseguimos encaixar tudo o que nos foi pedido:)

Como o tempo estava óptimo aproveitámos para ir à praia duas vezes, no domingo e na segunda. No domingo fizemos uma passagem mais rápida mas combinámos logo que o almoço do dia seguinte seria na praia. 

E assim na segunda lá fomos os cinco para a praia. O dia estava excelente, o mar de uma cor linda e o sol a brilhar. Os manos fizeram explorações na praia e jogaram à bola com o pai enquanto eu e o Francisco apanhámos conchinhas.

Há muitos anos que vamos para a mesma praia e descobri este fim-de-semana que o bar de apoio está aberto todos os dias durante o ano inteiro.

Sentámo-nos nos bancos enormes, parecem verdadeiros sofás, e pedimos dois cachorros para os manos e uma sandes familiar de brie e presunto para nós e para o Francisco. Esperámos cerca de 15 minutos porque o pão rústico foi feito na hora e valeu mesmo a pena:)

A sandes era gigantesca e estava muito boa!

Acabámos a nossa passagem pela praia com um jogo de futebol a cinco.

Um programa que todos adoraram e terminou com uma grande sesta do Francisco, já em casa!












Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

WORKPLACE

Ainda faltam uns meses para nos mudarmos para Londres, mas já andamos a adaptar a casa do D. para estar tudo (ou quase tudo) pronto quando formos para lá de vez.

A casa não é grande, mas vamos ter de lá caber todos ;) e mesmo não havendo divisão para o escritório, conseguimos transformar (espero eu) um cantinho da sala num espaço de trabalho.

Também não precisamos de grande coisa, uma secretária, umas prateleiras e uma cadeira ;)

Quero que seja claro, muito branco e muita luz. Já andei a inspirar-me pelo Pinterest e deixo aqui algumas das imagens que mais gostei.

Uma certeza, esta cadeira tem de fazer parte da decoração! :)

Ana 










Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

QUANDO ELES ESTÃO DOENTES

Para mim, não há pior sensação do que aquela que tenho quando recebo uma chamada do colégio dos meninos. Raramente são boas notícias :( E, infelizmente, já passei por alguns sustos: 

- Vasquinho / 23 meses: queda na casa de banho com direito a dentes da frente novamente para dentro da gengiva, cara inchada durante semanas, refeições líquidas e retardamento a fala; 

- Vasquinho / 4 anos: queda no recreio fruto das normais brincadeiras com os amigos que originou uma fractura no cotovelo, gesso durante mês e meio, toda uma ginástica para tomar banho e vestir;

- António / 21 meses: sinais de falta de ar/dificuldade em respirar. Cada vez que inspirava fazia um esforço imenso e lá passámos 4 horas no hospital D. Estefânia para repor valores de oxigénio, uma semana a fazer aerossóis/bombas de ar e o "coração" nas mãos a rezar para que não se repetisse.

Verdade que acabaram por não ser coisas assim muito graves, mas nunca é bom ter um filho doente. A nossa impotência perante as situações é desesperante. Ainda pior se eles forem muito pequeninos e não se conseguirem expressar. Percebemos que estão mal, mas não sabemos o que têm, onde dói, o que fazer para aliviar ou, pelo menos, ajudar.

Nesta altura do ano, são frequentes os episódios de febre, a tosse, o nariz entupido... Todas as mães aprendem a ser um bocadinho de enfermeiras e médicas. Aprendem a cuidar e a diagnosticar, a conhecer os sintomas de alerta e tomar as devidas medidas para resolver cada caso.

Esta semana, recebi uma dessas chamadas do colégio. O Vasquinho estava com febre. Nada grave, mas que requeria a minha atenção. Lembrei-me de uma aplicação para telemóvel que uma amiga já me tinha mostrado. Fui procurar e descarreguei. 

Não podia estar mais contente com esta ajuda. Basta introduzir os dados dos nossos filhotes e a aplicação calcula as quantidades dos diferentes medicamentos que têm de ser administrados e de quanto em quanto tempo. Tem também um registo de temperatura e envia notificações quando está na hora de a medir novamente, de modo a sabermos se é preciso dar mais medicamento ou não, e qual. Podemos ainda registar o tipo de dor de que se queixam. 

Neste caso, tinha só o Vasquinho doente, mas já passei por fases em que estavam os dois ao mesmo tempo e, a certa altura, já não sei o que dei nem a quem.. Imagino quem tem mais filhos!

Para além de tudo isto, os meninos lá de casa, adoraram ver as suas caras na nova aplicação do telefone da mãe :)

Bem, creio que escusado será dizer que acho a aplicação fantástica: é bastante completa e uma grande ajuda para nós mães, tanto mais, quantos mais filhos tivermos.

Espero que também vos ajude.

Ana 






Pode também acompanhar as nossa partilhas diárias no INSTAGRAM @morethancookies
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...